Guia de iniciação Central Dashboards Contabilidade Ativos Compras Inventário Vendas Conta Corrente Bancos Impostos Salários Cegid Docs Sistema Glossário Sugestões
Rose Accounting Services AtivosAquisições
AtivosAquisições
Aquisições

Aquisições

Última alteração a 11/07/2024
Este artigo é aplicável a:
Administrador
Contabilista
Técnico de RH
Resp. de Vendas
Resp. de Compras
Financeiro
Configurador

A capitalização de ativos corresponde ao processo de reconhecimento de que um ativo foi colocado ao serviço na empresa numa determinada data, passando então a ser elegível para depreciação.

Contabilisticamente, é o método no qual um custo incluído no valor de um ativo é debitado ao longo da vida útil desse ativo, em vez de ser debitado no período em que o custo originalmente ocorreu.

Capitalizar Ativos

No Rose, a capitalização do ativo é apenas realizada pelo financeiro. Apesar do perfil de Responsável de Compras efetuar a compra e o lançamento dos respetivos documentos, não tem a obrigação de criar a ficha do ativo. Neste sentido, após a aquisição do ativo, é da responsabilidade do financeiro indicar se a aquisição é ou não de imobilizado.

Esta operação é realizada através de uma conta de compensação, ou seja, a compra é registada numa conta de compensação e, de seguida, o contabilista procede à respetiva capitalização (num ativo) ou à passagem para custo. A capitalização corresponde a uma operação do tipo picking, onde são selecionadas as linhas da conta de compensação de ativos cuja quantidade ainda não foi processada.

De salientar que osdocumentos do tipo Fatura de Compras aumentam a quantidade na ficha do ativo. Já as notas de crédito/débito ou documentos da contabilidade apenas aumentam/diminuem o valor do ativo.

Através desta funcionalidade, é ainda possível:

  • Criar ativos com base no custo da aquisição;
  • Integrar o valor em ativos já existentes;
  • Efetuar o tratamento de quantidades e valores parciais (o valor selecionado segue a proporção da quantidade escolhida).

Para capitalizar um ativo, siga as seguintes etapas:

Etapa 1: Registar Fatura

Através do módulo de Contabilidade

  1. Aceder a Contabilidade | Entradas de Diário;
  2. Clicar em Criar;
  3. Selecionar a Entidade correspondente ao fornecedor;
  4. Validar os campos preenchidos automaticamente;
  5. Na área Linhas de Diário, selecionar a conta transitória de aquisição de imobilizado, inserir na coluna "Débito" o valor do ativo e selecionar o Tipo de Imposto aplicável;
    Nota: A conta transitória configurada de base é a conta 43711 Aquisição de Imobilizado. Esta configuração está disponível em Contabilidade | Configuração | Determinações de Contas, secção Contabilidade e Ativos, campo Conta de Compensação de Aquisição de Ativo;
  6. Na mesma tabela, selecionar a conta relativa ao fornecedor;
  7. Clicar em Guardar;
  8. Aceder a Ativos | Compras para Ativos;
  9. Selecionar o ativo criado anteriormente e clicar em Gerar Aquisição;
  10. Selecionar a Classe do Ativo;
  11. Por fim, clicar em Guardar.

Via módulo de Compras

  1. Validar se o artigo relativo ao ativo está criado em Compras | Artigos de Compras com o Tipo de Conta do Artigo definido como ativo imobilizado (IMO). Caso esta configuração não esteja definida, a fatura não irá ser apresentada para a capitalização (etapa 2);
  2. Aceder a Compras | Faturas;
  3. Clicar em Criar;
  4. Inserir o Fornecedor no respetivo campo;
  5. Na área Produtos e Serviços, inserir os artigos e os respetivos dados;
  6. Por fim, clicar em Guardar.

Etapa 2: Processar uma capitalização/aquisição de ativo

  1. Aceder a Ativos | Aquisições do Ativo | Compras para Ativos;
  2. Filtrar os dados por Data do Documento e Moeda e, de seguida, clicar em Aplicar;
  3. Selecionar o(s) documento(s) com a quantidade pretendida;
  4. Clicar em Gerar Aquisição;
  5. Na área Aquisições, indicar o ativo que pretende aumentar a quantidade do mesmo ou criar um novo ativo;
  6. Definir a Classe do Ativo e o Grupo de Dimensões;
  7. Validar os campos automaticamente preenchidos;
  8. Por fim, clicar em Guardar e Novo.

Etapa 3: Transferir a compra para custo (opcional)

Caso o artigo da compra ao fornecedor não represente um ativo, é possível transferir esse valor para um custo efetivo. Para tal, siga os seguintes passos:

  1. Aceder a Ativos | Aquisições do Ativo | Compras para Ativos;
  2. Filtrar os dados por Data do Documento e Moeda e, de seguida, clicar em Aplicar;
  3. Selecionar o(s) documento(s) com a quantidade pretendida;
  4. Clicar em Transferir Conta;
  5. Na área Transações Pendentes, indicar a Conta e Quantidade;
  6. Clicar em Guardar e Novo.

Se detetar que uma fatura foi erradamente incluída na aquisição de um item de ativo (caso se trate por exemplo de um custo), deverá diminuir o valor de ativo. Para isso, deverá registar uma entrada de diário a creditar a conta transitória de compras e a debitar a conta de custo e, de seguida, integrar esse movimento no módulo de Ativos através da funcionalidade Compras para Ativos.

Para consultar e/ou editar uma aquisição existente, deverá aceder a Ativos | Aquisições do Ativo | Aquisições do Ativo.

Guardar ou partilhar este artigo
Esta página foi útil?
Obrigado pelo seu voto.

Faça login para deixar a sua opinião.

Obrigado pelo seu feedback. Iremos analisá-lo para continuarmos a melhorar!
Artigos Relacionados
Aquisições